Atividades

Trabalhamos, incansavelmente, levando demandas ao poder público nas áreas de segurança, preservação do meio ambiente e defesa do caráter estritamente residencial do nosso perímetro.

 


 

Confira as nossas principais atividades e conquistas:

 

Segurança

Wanderley – Coronel da PM da Reserva, com atuação por décadas no comando de atividades operacionais na região oeste da cidade, tendo comandado o 16º Batalhão de Policiamento Militar, que inclui nossa área em Cidade Jardim. Com formação humanista e educador, implantou a filosofia de Policiamento Comunitário na região com ênfase na segurança do Campus USP e da comunidade de Paraisópolis – é responsável pela gestão dos serviços de vigilância nas 28 ruas da Colina das Flores. Durante sete dias na semana e 24 horas por dia, os Associados contam com uma equipe de 10 vigilantes que, divididos em quatro carros, fazem rondas programadas e acompanham a movimentação de porta nas casas (chegada e saída dos moradores, recebimento de compras e encomendas, por exemplo). A atitude preventiva, amplamente divulgada pela equipe, é fundamental para evitar ocorrências.

Temos uma parceria com o Conselho Comunitário de Segurança do Morumbi (Conseg Morumbi) desde 2003, quando foi criado o Núcleo de Ação Local Colina das Flores (NAL – Colina das Flores). Por meio do Conseg Morumbi, estreitamos nossa relação com os órgãos públicos de segurança, como a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo e a 2ª Cia. do 16º Batalhão de Policiamento Militar Metropolitano, responsável pela área de Cidade Jardim.

 

Preservação do verde

Outra tarefa nossa diz respeito à preservação das áreas verdes, uma das principais características de Cidade Jardim. Em parceria com o pesquisador Francisco José Zorzenon, do Instituto Biológico de São Paulo, desde 2000, desenvolvemos um tratamento de vanguarda no combate a pragas urbanas nas quase 2 mil árvores de nossas calçadas e praças. Temos licença da Prefeitura Regional de Butantã para cuidar e preservar 9 áreas públicas inseridas em nosso perímetro.

 

Área residencial

Temos uma parceria estabelecida com a Prefeitura (CET – SMUL) para cumprimento de todas as exigências que constam da sentença em ação civil pública movida pela comunidade e que preservam o caráter estritamente residencial do bairro, entre elas o bloqueio ao tráfego em várias vias inseridas na área da Colina das Flores e a construção da alça que liga a Avenida dos Tajurás à pista local da Marginal de Pinheiros, denominada rua São Bonifácio. Além disso, participamos dos importantes debates promovidos pela Municipalidade (Prefeitura Regional de Butantã e SMUL) para elaboração do Plano Diretor da Cidade de São Paulo, com o objetivo de manter, no texto da lei, o caráter residencial (ZER) no nosso perímetro, impedindo também o adensamento da população, por meio da verticalização de moradias em vias periféricas do bairro.

 

Ocupação do espaço público e integração entre os moradores

Um dos objetivos da Associação é promover a ocupação do espaço público e a interação entre os moradores da região. Uma iniciativa nesse sentido foi a inauguração da Praça das Brincadeiras, em 2016, para a diversão e socialização das crianças do bairro.